Idioma
Bandeira do Brasil Bandeira dos Estados Unidos Bandeira da Espanha

Busca no Site

Acessar Área Médica

Terapia Inovadora no Tratamento da Fimose Terapia Inovadora no Tratamento da Fimose Terapia Inovadora no Tratamento da Fimose
Tamanho da fonte Diminuir Fonte   Aumentar Fonte

Fimose



O que é?

Imagem FimoseFimose é a condição da impossibilidade da criança ou do adulto exteriorizar a glande do pênis (cabeça) pela presença de uma alteração da pele que recobre o órgão genital masculino chamada de prepúcio, que de forma congênita (o indivíduo nasce com ela) ou adquirida ao longo dos anos, apresenta um estreitamento localizado.

A incidência na infância é em torno de 8%, sendo que esse número decresce no início da adolescência.

A fimose pode causar: dificuldade para urinar, levando à infecção de urina; dor durante a relação sexual; dificuldade para a limpeza completa do pênis, ocorrendo o acúmulo de secreções (esmegma); parafimose (condição na qual o prepúcio, uma vez retraído sobre a glande, não pode ser colocado na sua posição normal, levando ao inchaço e dor). A criança pode apresentar aderência da pele na glande do pênis e que se desfaz na maioria dos casos até os 03 anos de idade (fimose fisiológica).


O que fazer?

Quando confirmado pelo médico de que é portador de fimose, o paciente deve ser tratado. O tratamento pode ser cirúrgico (postectomia) com a retirada do excesso de pele do pênis, ou conservador, com uso de pomadas que contém corticosteróides isolados ou associados, onde o sucesso é muito satisfatório, com risco praticamente nulo.

Qualquer tentativa em casa pode trazer complicações mais graves. Melhor procurar imediatamente o médico.


Precauções

Procure sempre ajuda de um médico, que irá orientá-lo qual o melhor tratamento. Massagens ou exercícios sem orientação médica, ao invés de melhorar, podem piorar cada vez mais. Uma manobra mais intensa pode causar fissuras (cortes) que posteriormente cicatrizam e fecham ainda mais a extremidade do prepúcio (pele).


Higiene

A dificuldade de uma boa higenização na área, pode levar a quadros repetidos de inflamações no pênis (balano-postites) das mais variadas intensidades, podendo evoluir com infecções urinárias e aderências do prepúcio (pele). Na hora do banho, use água e sabonete. Não tente puxar a pele que recobre o pênis para tentar expor a glande (cabeça do pênis). Esta manobra só agrava a situação.


Tratamento

Existem casos em que a cirurgia se faz necessária e somente ela poderá resolver os problemas que o paciente está apresentando. Em outros casos, o tratamento conservador torna-se uma excelente opção terapêutica; em todos os casos, somente o médico poderá definir qual é o tratamento mais adequado para cada paciente, portanto, solicite uma avaliação do mesmo. O médico é responsável por decidir qual o melhor momento para realizar a cirurgia da fimose (postectomia), geralmente é indicada a partir dos 3 anos de idade e nos seguintes casos: dificuldade ao urinar, processos inflamatórios com a presença de pus e impossibilidade de expor a glande. E ainda, quando ocorrem infecções urinárias constantes (de repetição).


Riscos

As pessoas que têm fimose desde o nascimento, têm risco maior de desenvolver câncer do pênis, devido à má higiene local e presença de infecções; e pelo mesmo motivo, um aumento da incidência do câncer do colo uterino nas parceiras de homens com fimose. O não - tratamento da fimose também pode ocasionar, na idade adulta, dificuldades para o ato sexual.






Fimose - Chats - Vida e Saúde - Editorial - Cadastro - Fale Conosco - Empresa - Links - Notícias - Perguntas e Respostas Rodapé